Batalha Espiritual.

Batalha Espiritual

Texto: Colossenses 1.13

Introdução:

  1. No capítulo 1.13 da carta aos colossenses, o apóstolo Paulo vai descrever com bastante contundência que há um império denominado de império das trevas, e o que é um império? Podemos descrever que um império é um sistema governamental com um território vasto, governado por um imperador, tendo como principal característica, opressão e escravidão.
  2. No capítulo dois do livro de Daniel, o rei Nabucodonosor vai ter um sonho de uma estátua dividida em partes: Sua cabeça é de ouro, seu peito e braço de prata, seus quadris e de bronze, suas pernas de ferro e seus pés é de ferro misturado com o barro. Quando este sonho é apresentado e interpretado pelo profeta Daniel, revelará os quatro maiores impérios deste mundo tenebroso, seguido por um governo mundial. Vejamos quais seriam eles; O império Babilônico representado na estátua como a cabeça de ouro, o império medo-pesas representado na estátua como o peito e os braços de prata, o império grego representado na estátua como os quadris de bronze e o império Romanos representado na estátua como as penas de ferro e os dedos de ferros misturados com barros, e deste último império surgiria dez reinos, e destes dez reinos surgiria o reino do anticristo, mas todos estes império inclusive o reino do anticristo seria destruído a pó, por uma pedra que desce do céu cortada sem auxílio de mãos de homens, está pedra é Cristo, esta pedra é o reino de Cristo.

Satanás lidera um império, império das trevas, Cristo lidera um reino e não um império, o reino de Deus.

E quais são as diferenças? A diferença é que o império de satanás e um sistema governamental que oprime, escraviza e cega os homens descrito em II Coríntios 4:4 que diz; nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus. Este sistema governamental dirigido pelo império satânico é divulgado por todos os meios de comunicação; redes sociais, redes televisivas e revistas e jornais. Já o reino de Cristo é superior a qualquer império, descrito pelo profeta Isaías como um alto e sublime, nas cartas aos Romanos 14:17 o apóstolo Paulo descreve que: – Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo. É representado neste mundo por meio da igreja. Somos representante do reino de Cristo, porque ele estar dentro de nós. Lucas 17:20-21 – E, interrogado pelos fariseus sobre quando havia de vir o reino de Deus, respondeu-lhes e disse: O reino de Deus não vem com aparência exterior. – Nem dirão: Ei-lo aqui, ou: Ei-lo ali; porque eis que o reino de Deus está entre vós.

Após compreendermos que satanás governa um império denominado império das trevas, e que Cristo não governa um império mais um reino, representado na terra pela igreja que segundo Daniel. Este reino vai crescer e crescer, podemos compreender como mais exatidão as instruções que o apostolo faz a igreja na carta aos efésios 6.10-13, entres elas eu quero destacar três;

I- EM PRIMEIRO LUGAR – A IGREJA TEM QUE COMPREENDER DE UMA VEZ POR TODA, CONTRA QUEM, ELA NÃO DEVE LUTAR.

  1. NÓS, NÃO TEMOS QUE LUTAR CONTRA A CARNE E NEM SANGUE.
  • A igreja tem que entender de uma vez por toda, que a nossa luta não é contra as pessoas, os seres humanos.
  • A igreja tem que entender de uma vez por toda, que a nossa luta não é contra o pastor da igreja.
  • A igreja tem que entender de uma vez por toda, que a nossa luta não é contra o ministério da igreja. (Presbíteros, diáconos, auxiliares).
  • A igreja tem que entender de uma vez por toda que a nossa luta não é contra os órgãos, e nem os membros da igreja. Pois as vezes nos esquecemos disso.
  1. TEMOS QUE PARAR DE UMA VEZ POR TODAS DE ESTAR BRIGANDO UNS CONTRA O OUTRO.

As vezes muitos cristãos desavisados, deixam serem usados por satanás, e começam a falar mal do seu pastor, do seu ministério, dos membros da igreja e se esquecem, que a nossa luta não é contra nós mesmo.

  1. TEMOS QUE ENTENDER QUE O DIABO É ASTUTO, E VAI TENTAR JOGAR UM CONTRA O OUTRO.
  • Vai tentar jogar filho contra pai, e pai conta filho.
  • Vai tentar jogar esposa contra esposo, e esposo contra esposa.
  • Vai tentar jogar membros contra pastor, e pastor contra membros.

II – EM SEGUNDO LUGAR – A IGREJA TEM QUE ENTENDER UMA VEZ POR TODA, CONTRA QUEM ELA DEVE LUTAR.

  1. A IGREJA TEM QUE ENTENDER QUE A NOSSA LUTA É CONTRA O IMPÉRIO DAS TREVAS.
  2. E QUE ESTE IMPÉRIO DAS TREVAS, ESTAR ORGANIZADO EM UMA GRANDE ESTRUTURA GOVERNAMENTAL.
  • Tendo com cabeça o diabo.

Que recebe o nome de pai da mentira, lúcifer, antiga serpente, príncipe da maldade, apolion, Abadon, tentador, acusador, enganador, maligno, assassino e perturbador.

  • Seguido por principados.

São legiões de anjos caídos e demônios que atuam na água, terra e ar. exercendo autoridade sobre os filhos da desobediência.

Na verdade, são autoridades satânicas, que influenciam muitas pessoas a atitudes que são contrárias à vontade de Deus.

  • Seguido por potestade.

Um poder local. Com a habilidade ou capacidade de agir ou fazer algo efetivamente, exercer o controle, influência, criação e aplicação de leis ou autoridade sobre o povo ou nação. As potestades representam outro nível na hierarquia, inferior ao dos principados, mas também muito poderoso, que comanda milhares de demônios.

  • Príncipes das trevas.

Os príncipes das trevas são os demônios que comandam outros que agem em áreas específicas. Enquanto os principados e potestades trabalham exclusivamente no mundo espiritual, para que o homem não veja a glória de Deus, não reconheça Jesus, os príncipes das trevas atuam diretamente contra o Reino de Deus e a Igreja.

  • Hostes espirituais da maldade.

As hostes espirituais da maldade são formadas por tropas, exércitos de demônios, que estão prontos para atacar a qualquer hora e em qualquer lugar onde a batalha for mais renhida. Essas entidades malignas são enviadas a todo instante contra pessoas, grupos ou nações. Exercem autoridade também sobre os homens perdidos e sobre aqueles que rejeitam Jesus.

  1. TUDO ISTO ESTAR ORGANIZADO CONTRA A IGREJA, MAS A IGREJA ESTARÁ FIRME.

Mateus 16:18 – Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;

III – EM TERCEIRO LUGAR- A IGREJA TEM QUE ENTENDER DE UMA VEZ POR TODAS, QUAIS ARMAS ELA DEVE USAR NESTA BATALHA.

  1. AS NOSSAS ARMAS NÃO SÃO CARNAIS.

II Coríntios 10:4- Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas;

  1. AS NOSSAS ARMAS SÃO ESPIRITUAIS.
  • A arma do crente é a verdade, representada na bíblia por um cinto.

É o cinto que sustenta toda as outras armaduras. É a verdade que sustenta todas as armaduras espirituais.

  • A arma do crente é a justiça de Cristo, representada por uma couraça.

A couraça protege os órgãos vitais dos soldados na guerra, como o coração. A justiça de cristo protege o coração do cristão contra a maldade de satanás.

  • A arma do crente é o evangelho da paz, representado pelos sapatos dos soldados.

Os sapatos davam condições dos soldados avançar. Calçados com os pés do evangelho, a igreja vai avançar e o reino das trevas não vai parar a igreja.

  • A arma do crente é a fé, representada no texto por um escudo.

O escudo em ação, protegia todo o corpo do soldado. A nossa fé em ação, protegera toda a nossa vida, dos dados inflamados do diabo.

  • A arma do crente é a salvação em Cristo, representado no texto como um capacete.

Na batalha o capacete protegia a cabeça do soldado. A salvação como capacete, traz segurança proteção a mente dos salvos em Cristo, contra os pensamentos malignos, pensamentos de morte, de adultérios e tentações diversas.

Filipenses 4:8 – Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.

  • A arma do crente é a palavra, representada no texto
  • Pela espada do Espírito.

É a palavra viva que é Cristo. É a palavra escrita que é a bíblia. Na batalha a espada era utilizada como instrumento de ataque. A palavra de Deus em nossas mãos serve para atacarmos o império das trevas. Por isso o apóstolo Paulo nos exorta a manuseá-la bem.

II Timóteo 2:15 – Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.

Aplicação:

  1. A igreja precisa compreender de uma vez por toda, que não devemos lutar contra as pessoas.
  2. A igreja precisa compreender de uma vez por toda, que a nossa luta é contra o diabo, e ele não está de brincadeira.
  3. A igreja precisa compreender de uma vez por toda, que as nossas armas não são carnais, mas são poderosas em Deus.
  4. a igreja precisa compreender de uma vez por toda, que precisamos aprender de uma forma mais contundente a palavra de Deus. Pois ela é a única ferramenta de ataque apresentada na armadura.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s