Os princípios que nortearam a igreja primitiva

Tema. Os princípios que nortearam a igreja primitiva
Texto. Atos 2.42 -47

Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações. Princípio da perseverança
Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. Princípio do temor
Todos os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. Princípio da fé.
Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade.
Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, princípio do compartilhar.
louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava todos os dias os que iam sendo salvos. Princípio da adoração.

1. Quando falamos de princípios que nortearam a igreja primitiva, falamos de princípios que guiaram a igreja, orientaram a igreja, conduziram a igreja nos seus primeiros dias. E quando analisamos bem o texto percebemos que alguns destes princípios se perderam no decorrer da história e que precisam serem resgatados em nossos dias.
2. Mas, antes de falarmos destes princípios devermos entender que a igreja primitiva nasceu sobre um derramar poderoso do Espírito Santo no dia de pentecoste. Em segundo lugar; vale apena lembrar que a igreja primitiva nasceu sobre a explosão de uma mensagem cristrocentrica pregada por um nobre pescador chamado Simão Pedro, e em sua mensagem ele destaca cinco ponto principais: primeiro ele vai falar da biografia de Cristo, em segundo lugar ele vai falar da morte de Cristo, em terceiro lugar ele vai falar da ressurreição de Cristo, em quarto lugar ele vai falar da ascensão de Cristo e por fim, Pedro prega sobre a exaltação de Cristo. Atos 2.22-36. É sobre mensagem como essa que a igreja nasce no contexto histórico. Onde quase três mil almas se batizaram tornando cristãos.
3. Quando olhamos para o tema proposto, nos dar a impressão que estamos olhando para uma foto, que está descrevendo o que era a igreja cristã nos tempos dos apóstolos. Um fato que não podemos negar. Nos dar uma saudade destes dias.

Proposição. Precisamos voltar aos princípios que nortearam a igreja nos dias dos apóstolos.

Frase interrogativa. Quais foram os princípios que nortearam a Igreja primitiva?

Frase exclamativa. Fazendo um estudo sistemático do texto, percebemos o sucesso e o crescimento da igreja cristã, mas por traz deste crescimento haviam princípios por ela vividos e observados. Estudando o texto com mais diligência descobrimos cinco destes princípios.

I- O PRIMEIRO PRINCÍPIO QUE NORTEARÃO A IGREJA PRIMITIVA – FOI O PRINCÍPIO DA PERSEVERANÇA.
Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações.
Atos 2:42

Transição : Perseverança; Qualidade de quem nunca desistem facilmente.
1. Eles perseveravam no ensino .
a) Olhando o ensino pelo lado da perseverança.
 Havia disposição nos apóstolos em ensinar.
 Mas, também Havia disposição da igreja em aprender.

2. Esse princípio nortearam todos os outros princípios que se seguem.
a) pois ele é a base estrutural de todos os outros princípios
Nota.
1. O que me dói hoje é saber que não existe uma geração tão mas bem assistida do que a nossa quando o assunto é ensino. Fora as pregações aos domingos temos outras ferramentas de ensino na igreja que muitas vezes são desprezadas como: culto de instrução, culto de estudos e escola bíblica.

2. O que me dói é saber que depois de um esforço subsequente do pregador para trazer uma mensagem contundente para a igreja, muitos nem se lembrará, mas, após passarem dos portões da igreja ao término do culto. Mas a igreja primitiva perseveravam na doutrina dos apóstolos.

2. Eles perseveravam na comunhão
a) Olhando a comunhão pelos viés da perseverança
 A Comunhão fala de relacionamento.
 A comunhão fala de harmonia.

 A comunhão fala de concordância.
 A comunhão vai de encontro ao partidarismo.
 A comunhão vai de encontro a formação de grupos

b) A igreja hoje vive uma crise de comunhão.
 A maior crise na igreja hoje não é financeira.
 A maior crise na igreja hoje é de comunhão.
 A maior crise na igreja hoje é de relacionamento.

3. Eles perseveravam no partir do pão.
a) A Valorização da ceia do Senhor nos dias dos apóstolos estava em evidência.
 Pois, isso fariam lembrar da morte de Cristo.
 Pois, isso fariam lembrar da ressureição de Cristo.
 Pois, isso os faziam lembrar da vinda de Cristo.
 Pois, isso os faziam lembrar do dia em que comeria a ceia do Senhor com Cristo.

4. Eles perseveravam na oração .
a) Em atos 1.8-14, está escrito que eles perseveraram em oração até que do Alto foram revestidos de poder.
b) Em atos 3.1-10, está escrito que Pedro e João subiam para oração, na hora nona.
c) Em atos 4.29-31, está escrito que eles perseveraram em oração em meio as ameaças do sinédrio, até receberem ousadia para anunciarem o evangelho.
d) Em atos 6. 4, está escrito que eles separaram diáconos para poderem separar o tempo para a oração e o ministério da palavra.

5. Eles perseveravam no templo. Vv 42
a) Eles não deixavam de congregar. Hebreus 10.25
b) Eles tinham prazer em congregar.
Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor.
Os nossos pés estão dentro das tuas portas, ó Jerusalém. Salmos 122:1,2

Nota.
1. Infelizmente, hoje em dia, muitas pessoas por qualquer motivo deixam de ir para a igreja congregar.
2. Outros moram ao lado da igreja e dificilmente vem aos cultos.
3. Precisarmos urgentemente voltarmos ao princípio da perseverança.

Transição:
1. Devemos abraçar com diligência o princípio da perseverança.
2. Existem pessoas que começam a lerem a escritura dentro de um ano e não termina, iniciam o seu estudo no seminário e não terminaram, vão um ou até duas vezes ao estudo da escola bíblica e depois não vão mais.

II- O SEGUNDO PRINCÍPIO QUE NORTEARÃO A IGREJA PRIMITIVA – FOI O PRINCÍPIO DO TEMOR.

Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. Atos 2:43

O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo a prudência. Provérbios 9:10

1. TEMOR AQUI NÃO ESTÁ RELACIONADO AO MEDO.
2. TEMOR AQUI ESTÁ RELACIONADO AO RESPEITO MÚTUO.
a) Respeito as lideranças
b) Respeito aos mais velhos.
c) Respeito aos casados.

3. TEMOR AQUI ESTÁ RELACIONADO AO PRINCÍPIO DA HONRA.
a) Deus é digno de honra.
Portanto, o Senhor, o Deus de Israel, declara: ‘Prometi à sua família e à linhagem de seu pai, que ministrariam diante de mim para sempre’. Mas agora o Senhor declara: ‘Longe de mim tal coisa! Honrarei aqueles que me honram.
1 Samuel 2:30

b) Quem vive da obra é digno de honra.
Os presbíteros que governam bem sejam estimados por dignos de duplicada honra, principalmente os que trabalham na palavra e na doutrina; porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: Digno é o obreiro do seu salário. 1 Timóteo 5:17,18
c) Os nossos pais são digno de honra.
Honra a teu pai e a tua mãe, como o Senhor teu Deus te ordenou, para que se prolonguem os teus dias, e para que te vá bem na terra que te dá o Senhor teu Deus. Deuteronômio 5:16
d) Você é digno de honra.

Transição.
1. Se quisermos ver de fato o crescimento da igreja em nossos dias devermos voltar ao principio da honra.
2. Se quisermos ver de fato o crescimento da igreja em nossos dias devermos voltar ao princípio do respeito mútuo.

4. O RESULTADO DA APLICAÇAO DO PRINCÍPIO DO TEMOR.
a) Condições dada aos apóstolos para operarem maravilhas
b) Condições dada aos operarem sinais.

Transição.
1. Deus não vai operar a onde existem desrespeito, desonra.
2. Deus opera há onde existem respeito, honra e consideração.
3. A igreja que vive o princípio da honra verá A maravilhas e sinais sendo operado em seu meio.

III – O TERCEIRO PRINCÍPIO QUE NORTEARÃO A IGREJA PRIMITIVA – O PRINCÍPIO DA FÉ.
Todos os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum.
Atos 2:44

1. A FÉ EM CRISTO OS UNIÃO.
Nota. Me faz lembrar da carta de Paulo aos Efésio capítulo quatro tendo como tema a unidade da fé.

2. A FÉ EM CRISTO NÃO APENAS AGLOMERAM PESSOAS, UNIR PESSOAS.
Transição. Se quisermos vivermos unidos e sem indiferença devemos resgatar o princípio da fé.

IV – O QUARTO PRINCÍPIO QUE NORTEARÃO A IGREJA PRIMITIVA – O PRINCÍPIO DO COMPARTILHAR.
Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade.
Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração,

Atos 2:45,46
1. A IGREJA PRIMITIVA COMPARTILHAVA O QUE ELA TINHA.
a) Ela compartilhava tempo juntos.
b) Ela compartilhavam bens materiais.
c) Ela compartilhavam alimentos.
d) Ela compartilhavam poder. Atos. 3.1-10

2. AO COMPARTILHAR O QUE POSSUIAM, A IGREJA PRIMITIVA RESOLVEU MUITOS DOS SEUS PROBLEMAS.
a) O problema da indiferença, pois todos tinham tudo em comum.
b) O problema da necessidade, pois os necessitados eram assistidos.
c) O problema da autossuficiência, pois quem tinha repartia com quem não tinha

3. A IGREJA PRIMITIVA COMPARTILHAVAM DE UMA FORMA SINGULAR.
a) Ela compartilhavam com alegria.
b) Ela compartilhavam com singeleza de coração
4. Devermos compartilhar o que temos.
a) Se você tem conhecimento compartilhar conhecimento.
b) Se você tem um sorriso Compartilhe o sorriso.
c) Se você tem carisma Compartilhe um aperto de mão.
d) Se você tem um abraço, compartilhe um abraço.

Nota.
1. Muitas vezes quando chega o final de ano, as igrejas sempre procuram fazer confraternização, mas por causa da indiferença vivenciada pelas igrejas nos dias de hoje muitos irmãos não comparece.
2. Precisamos aprender o princípio do compartilhar vivenciado pela igreja primitiva.

V- O QUINTO PRINCÍPIO QUE NORTEARÃO A IGREJA PRIMITIVA – O PRINCÍPIO DA ADORAÇÃO.
louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava todos os dias os que iam sendo salvos. Atos 2:47
1. A ADORAÇÃO ERA A MARCA DA IGREJA PRIMITIVA.
2. A ADORAÇÃO ERA UM DOS PRINCIPAIS COMPONENTE DO CULTO DA IGREJA CRISTÃ.

Aplicação.
1. Observando os princípios acima citado, a igreja primitiva cai na graça do povo.
2. Observando os princípios acima citado, todos os dias o Senhor acrescentava a igreja as almas que haviam de salvar.
3. Minha oração é para que a igreja dos nossos dias viva os mesmos princípios vivenciados pela igreja primitiva.
a) Princípio da perseverança.
b) Princípio do temor, do respeito, princípio da honra.
c) Princípio da fé em Cristo.
d) Princípio do compartilhar.
e) Princípio da adoração
4. A minha oração é que possamos cair na graça do povo e que Deus acrescente muitas almas para que possam serem salvas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s